EXPOSIÇÃO PERMANENTE CINETEATRO ALBA – 65 ANOS

Exposição | CTAlba
EXPOSIÇÃO PERMANENTE CINETEATRO ALBA – 65 ANOS
Gratuito
(mais…)

Visita-Jogo

Visita-Jogo é um convite ao público para um percurso pelo novo e requalificado Cineteatro Alba através dos seus espaços, sugerindo-lhes leituras e olhares, colocando-lhe questões e desafiando-o para um jogo de descoberta aos seus renovados espaços, através da exploração de conceitos inerentes à criação artística e a um equipamento cultural. (mais…)

Serviço de Babysitting

O SAC – SERVIÇO DE APRENDIZAGEM CRIATIVA disponibiliza o SERVIÇO DE BABYSITTING no Cineteatro Alba
serviço gratuito, sujeito a inscrição prévia

Nos espetáculos assinalados, as crianças podem divertir-se com a equipa SAC na Sala Estúdio. (mais…)

Ciclo do Fado – Exposição Fotográfica

18 abril a 18 maio 2019
Cineteatro Alba – Sala de Exposições
Ciclo do Fado – Exposição Fotográfica
Gratuito

Visitas Guiadas

Adaptada aos interesses e faixa etária, a visita guiada ao Cineteatro Alba deixará espreitar, para além dos espaços públicos, todas as zonas técnicas e logísticas de um equipamento deste género. (mais…)

Yamandu Costa convida Ricardo Ribeiro

25 maio 2019 | sábado | 21h30
Cineteatro Alba – Sala Principal
Yamandu Costa convida Ricardo Ribeiro
8€ – Bilhete normal
5€ – Cartão Amigo, Cartão Sénior Municipal, Cartão Municipal de Voluntário e Jovens SUB 23
75 min. | M/6

Yamandu Costa é considerado um dos maiores talentos do violão brasileiro. Com apenas sete anos começou a tocar o instrumento que o tem levado aos quatro cantos do Mundo, de Israel a Zimbabwe, do Canadá à Austrália. Yamandu Costa toca Choro e música popular brasileira, mas também é um gaúcho cheio de Milongas, Tangos, Zambas e Chamamés. Sem se enquadrar em nenhuma corrente musical, cria interpretações de rara personalidade no seu violão de sete cordas.

promoção Cultura em Rede – Região de Aveiro

Serviço Babysitting disponível

Percursos pela Arquitetura

25 maio 2019 | sábado | 21h00
Cineteatro Alba – Vários Espaços
Percursos pela Arquitetura
Relações entre corpo, movimento e espaço
Gratuito | aprox 25 min. | M/6

Com o intuito de encontrar uma forma de diálogo com espaços urbanos em que a arquitetura, as histórias e os destinos por eles oferecidos são o ponto de partida para a criação, os Percursos pela Arquitetura consistem na construção de pequenas peças coreográficas através da exploração de diversos locais e contextos não formais para a Dança. Em Albergaria-a-Velha, os Percursos pela Arquitetura inspiram-se na temática da farinha e do fabrico do pão numa perspetiva inovadora e contemporânea.

direção Ana Figueira
acompanhamento artístico Ana Figueira e Mafalda Mendonça
coreografias Sara Garcia, Ana Rita Xavier, Liliana Oliviera, Francisco Pinho e Gabrielle Mendieta
fotografia Joana Rodrigues

O Caminho do Moleiro – Quem me dera que eu fosse o pó da estrada

23 maio 2019 | quinta-feira | 23h00
Cineteatro Alba – Sala de Exposições
O Caminho do Moleiro – Quem me dera que eu fosse o pó da estrada
Performance e apresentação
Gratuito | 15 min. | M/6

O Projeto Audiovisual O caminho do Moleiro – Quem me dera que eu fosse o pó da estrada pretende ser uma construção metafórica de uma narração sobre os antigos impulsos ajuizadores sobre a culpa e o Ser, que se adaptam à contemporaneidade. Nada seremos que não pó da estrada, tendo céu por cima e água por baixo? Esta será a questão que se pretende que o espetador reflita e se envolva, sendo transportado para um outro caminho que também poderá ser o seu.
Será um outro percurso sobre a Rota dos Moinhos de Albergaria-A-Velha: Natureza e Pessoas.

instalação audiovisual Ludmila Queirós
composição sonora Paulo Bastos

ÀS QUINTAS: João Só

23 maio 2019 | quinta-feira | 22h00
Cineteatro Alba – Espaço Café-Concerto
ÀS QUINTAS: João Só
Gratuito | 75 min. | M/6

João Só nasceu em Coimbra em 1988 e mudou-se aos nove anos para Lisboa. Começou a compor aos 15 anos e, desde então, nunca mais parou. Em 2008, juntou-se aos Abandonados e gravou o seu álbum de estreia. Ao longo dos anos, tem colaborado com diversos artistas, como Lúcia Moniz, Miguel Araújo ou Nuno Markl, e desenvolvido projetos de caráter sociopedagógico, como Deixem o Bullying Só!, que visa alertar os/as jovens sobre a violência em ambiente escolar. Em 2019, anda em tournée pelo País a celebrar os 10 anos de carreira.

Cardápio – Palermo

23 maio 2019 | quinta-feira | 21h30
Cineteatro Alba – Vários Espaços
Cardápio – Palermo
Performance
Gratuito | 30 min. | M/6

Cardápio vem resgatar os restos acumulados nos caixotes de lixo de Palermo para alimentar os habitantes da cidade. Redistribuir o pão nosso da criação artística pela comunidade naquela que será a refeição mais saborosa do dia.

criação e interpretação Mariana Sevila Matos
co-criação e audiovisual David Bastos
registo fotográfico João Antunes
coprodução Cineteatro Alba | Município de Albergaria-a-Velha
Encomenda no âmbito da Cultura em Rede – Região de Aveiro

Gisela João com Orquestra Filarmonia das Beiras

18 maio 2019 | sábado | 21h30
Cineteatro Alba – Sala Principal
Gisela João com Orquestra Filarmonia das Beiras
Ciclo do Fado
12€ – Bilhete normal
10€ – Cartão Amigo, Cartão Sénior Municipal, Cartão Municipal de Voluntário e Jovens SUB 23
75 min. | M/6

Serviço Babysitting disponível

Uma das vozes arrebatadoras do panorama do Fado, Gisela João é já uma figura central e uma das mais importantes intérpretes da música portuguesa da atualidade, com diversos prémios arrecadados. Apresentando um Fado contemporâneo sem desvios nem artifícios, Gisela João parte duma formação tradicional e mergulha na sua génese, reencontra a sua autenticidade, questiona os seus excessos e maneirismos, sendo o resultado incrivelmente genuíno. Neste concerto, o seu Fado volta a surpreender com o acompanhamento musical da Orquestra Filarmonia das Beiras.

Pardalitos do Mondego

17 maio 2019 | sexta-feira | 21h30
Cineteatro Alba – Sala Principal
Pardalitos do Mondego
Ciclo do Fado
4€ – Bilhete normal
2€ – Cartão Amigo, Cartão Sénior Municipal, Cartão Municipal de Voluntário e Jovens SUB 23
75 min. | M/6

O grupo Pardalitos do Mondego – nome cuja origem é um segredo bem guardado – foi criado em 1992, sendo os seus membros antigos estudantes da academia. Desde os primeiros passos que o objetivo é a defesa da música de matriz coimbrã, olhando-a como um género musical frutificado a partir do ambiente universitário, mas com uma profunda raiz popular. Neste espírito, não se limita o grupo a reproduzir os grandes temas que formam a estrutura mais que centenária da Canção de Coimbra, mas contribui também para o seu desenvolvimento com a composição de inúmeros originais.

ÀS QUINTAS: Fado de Lisboa n’A Praça com Francisco Moreira e Ana Pinhal

16 maio 2019 | quinta-feira | 21h30
Mercado Municipal – A Praça
ÀS QUINTAS: Fado de Lisboa n’ A Praça com Francisco Moreira e Ana Pinhal
Ciclo do Fado
Gratuito | 75 min. | M/6

Francisco Moreira é um jovem de 18 anos pertencente à nova “fornada” de artistas que se têm dado a conhecer ao público português. Apesar da sua tenra idade, conta já com performances em grades salas do País como o Coliseu do Porto, o CCB, a Casa da Música ou o Campo Pequeno, tendo sido ainda finalista do The Voice Portugal 2018. Ana Pinhal leva a sério a sua paixão pelas palavras, pelo seu povo, e sobretudo pela sua identidade. Rendida ao Fado, faz com que nele emerjam todas as experiências que a memória dos sentidos lhe tem permitido arrecadar. Para além de inúmeros espetáculos em Portugal, já pisou palcos na Roménia, Índia, França, Hungria, Bulgária e Espanha.

fotografia David Lescano (Ana); José Frade (Francisco)

JAZZ’ ART COM… BLUES

11 maio 2019 | sábado | 21h30
Cineteatro Alba – Sala Principal
JAZZ’ ART COM… BLUES
Espetáculo Anual de Jazz do CMJ Educação
10€ Bilhete único
Gratuito até aos 6 anos
75 min. | M/6

O Curso Profissional de Instrumentista de Jazz da Jobra realiza este ano a quinta edição do seu Espetáculo Anual de Jazz. Na edição de 2019, revisita-se o Blues, este estilo tão sedutor, tão abrangente de todos os públicos e que está na origem do Jazz e de muitas outras músicas do mundo. O concerto será uma viagem sonora, que ilustrará os diversos momentos do Blues na história do Jazz, das origens aos tempos modernos, refletindo também o modo como o Jazz contribuiu de volta para a sofisticação do Blues.

direção artística Carlos Mendes
direção de produção Carla Bio
interpretação Alunos de Jazz do Curso de Instrumentista Jazz da ART’j – Escola Profissional de Artes Performativas da Jobra

5ª Edição do Concurso de Ideias de Negócio

10 maio 2019 | sexta-feira | 21h00
Cineteatro Alba – Sala Principal
5ª Edição do Concurso de Ideias de Negócio
Gratuito | 90 min. | M/6

A 5.ª Edição do Concurso de Ideias de Negócio visa sensibilizar e motivar os jovens para as práticas empreendedoras, promovendo o espírito de iniciativa e o dinamismo em ambiente escolar. Na sessão final, o público pode conhecer os projetos desenvolvidos pelos alunos do Ensino Secundário e Profissional e descobrir os três trabalhos vencedores. Ainda no âmbito do empreendedorismo, mas para os/as estudantes do 1.º, 2.º e 3.º Ciclos, destaca-se a realização da Mostra de Empreendedorismo Júnior, a 25 de maio, pelas 13h00, na Alameda 5 de Outubro.

organização Câmara Municipal de Albergaria-a-Velha
parceria Agrupamentos de Escolas de Albergaria-a-Velha e Branca e Colégio de Albergaria

ÀS QUINTAS: Noite DeCA – As Palhetas Duplas em Família – Classes de Oboé e Fagote

09 maio 2019 | quinta-feira | 22h00
Cineteatro Alba – Espaço Café-Concerto
ÀS QUINTAS: Noite DeCA – As Palhetas Duplas em Família – Classes de Oboé e Fagote
Gratuito | 75 min | M/6

Bella…

05 maio 2019 | domingo | 17h30
Cineteatro Alba – Sala Principal
Bella…
aCAdemia de Dança – Clube de Albergaria
6€ – Preço Único
90 min. | M/6

Bella é uma jovem culta, bonita e independente, que é aprisionada por um homem de aspeto monstruoso num castelo encantado.
Apesar dos seus receios ela irá fazer novos amigos e acabará por ver para além da terrível aparência da assombrosa criatura, descobrindo nele a alma e o coração de um verdadeiro príncipe.
Uma deliciosa e divertida história, onde a arrogância e a maldade são punidas e a essência do indivíduo prevalece em relação à sua aparência exterior.
Por fim, o amor vence e a felicidade, afinal, sempre poderá ser eterna!

criação, direção artística Patrícia Reis
assistência à criação Mariana Parente
coreografia Patrícia Reis, Mariana Parente e José Dinis
música Howard Ashman, Alan Menken e ft José Dinis
desenho/operação de Luz José Dinis/ Nuno Silva
sonoplastia/ operação de som José Dinis / Pedro Ferreira
multimédia Jorge Tavares e José Dinis
redação Patrícia Reis
cenografia Patrícia Reis, Mariana Parente, José Dinis, Elisabete e Liliana Almeida
figurinos Tucha Martins, Izabel Rocha, Balletshop – artigos de Dança, Lda., Elisa Dinis
cabelos e maquilhagem Hannah Cabeleireiros, Anabela Resgate
produção aCAdemia de Dança Clube de Albergaria
apoio Cineteatro Alba | Município de Albergaria-a-Velha
parceiros ASSOARTES – Escola de Artes de Valongo do Vouga e CPGN – Casa do Povo da Gafanha da Nazaré
apoios à criação ARTIPOL – Artes Gráficas | AlbergAR-TE

Bella…

04 maio 2019 | sábado | 21h30
Cineteatro Alba – Sala Principal
Bella…
aCAdemia de Dança – Clube de Albergaria
6€ – Preço Único
90 min. | M/6

Bella é uma jovem culta, bonita e independente, que é aprisionada por um homem de aspeto monstruoso num castelo encantado.
Apesar dos seus receios ela irá fazer novos amigos e acabará por ver para além da terrível aparência da assombrosa criatura, descobrindo nele a alma e o coração de um verdadeiro príncipe.
Uma deliciosa e divertida história, onde a arrogância e a maldade são punidas e a essência do indivíduo prevalece em relação à sua aparência exterior.
Por fim, o amor vence e a felicidade, afinal, sempre poderá ser eterna!

criação, direção artística Patrícia Reis
assistência à criação Mariana Parente
coreografia Patrícia Reis, Mariana Parente e José Dinis
música Howard Ashman, Alan Menken e ft José Dinis
desenho/operação de Luz José Dinis/ Nuno Silva
sonoplastia/ operação de som José Dinis / Pedro Ferreira
multimédia Jorge Tavares e José Dinis
redação Patrícia Reis
cenografia Patrícia Reis, Mariana Parente, José Dinis, Elisabete e Liliana Almeida
figurinos Tucha Martins, Izabel Rocha, Balletshop – artigos de Dança, Lda., Elisa Dinis
cabelos e maquilhagem Hannah Cabeleireiros, Anabela Resgate
produção aCAdemia de Dança Clube de Albergaria
apoio Cineteatro Alba | Município de Albergaria-a-Velha
parceiros ASSOARTES – Escola de Artes de Valongo do Vouga e CPGN – Casa do Povo da Gafanha da Nazaré
apoios à criação ARTIPOL – Artes Gráficas | AlbergAR-TE

MARGEM, DE VICTOR HUGO PONTES

03 maio 2019 | sexta-feira | 21h30
Cineteatro Alba – Sala Principal
Margem, de Victor Hugo Pontes
5€ – Bilhete normal
3€ – Cartão Amigo, Cartão Sénior Municipal, Cartão Municipal de Voluntário e Jovens SUB 23
80 min. | M/12

Margem tem como inspiração o romance de 1937 de Jorge Amado, Capitães de Areia, que retrata um grupo de crianças e adolescentes abandonados que vivem nas ruas de São Salvador da Baía, roubando para comer, e dormindo num trapiche – um armazém onde, como uma espécie de família, se protegem uns aos outros e sobrevivem a um dia de cada vez. Oitenta anos depois da publicação do livro, questiona-se quem são os novos capitães de areia e qual a realidade social destas crianças, conscientes de que nem sempre há finais felizes.

direção Victor Hugo Pontes
texto Joana Craveiro
cenografia F. Ribeiro
música Marco Castro e Igor Domingues (Throes + The Shiner)
direção técnica e desenho de luz Wilma Moutinho
interpretação Alexandre Tavares, André Cabral, David S. Costa, Hugo Fidalgo, João Nunes Monteiro, José Santos, Magnum Soares, Marco Olival, Marco Tavares, Nara Gonçalves, Rui Pedro Silva e Vicente Campos
direção de produção Joana Ventura
coprodução Nome Próprio, CCB-Fábrica das Artes e Teatro Aveirense

Serviço Babysitting disponível

Integra o espetáculo MARGEM, de Victor Hugo Pontes

01 a 03 maio 2019 | quarta a sexta-feira
Cineteatro Alba – Sala Principal
Integra o Espetáculo MARGEM, de Victor Hugo Pontes
Gratuito | 80 min. | entre 7 e 10 anos

(WORKSHOP E ESPETÁCULO – 2 sessões)

Se tens entre 7 e 10 anos e praticas algum desporto ou dança e gostarias de aproveitar a oportunidade para ter a experiência de integrar a equipa e o elenco deste espetáculo, contacta-nos para sac@cm-albergaria.pt, 234 529 305 ou 234 529 300

O Tempo perguntou ao Tempo

02 maio 2019 | quinta-feira | 22h00
Cineteatro Alba – Espaço Café-Concerto
O Tempo perguntou ao Tempo
Espetáculo de Teatro do Programa Idade Maior
Gratuito | 75 min. | M/6

O Tempo perguntou ao Tempo é mais um tempo no percurso de sete anos da Oficina de Teatro do Programa Idade Maior (PIM). Depois de palcos e ruas, o grupo de atores seniores apresenta-se agora com um espetáculo de “variedades” em ambiente de café teatro. Sketchs teatrais, canções, poemas e outras “novidades” da época, de hoje e ontem, preenchem um divertido e variado serão.

criação coletiva Oficina de Teatro do Programa Idade Maior do Município de Albergaria-a-Velha
direção Victor Valente
figurinos Tucha Martins

Festival CriAtiva Autores

24 abril 2019 | quarta-feira | 18h00
Cineteatro Alba – Espaço Café-Concerto
Festival CriAtiva Autores
Gratuito | 75 min. | M/6
Comunidade leitora em geral
Limitado à lotação da sala

A escrita criativa terá palco no criAtiva AUTORES, um Festival que promove experiências e dinâmicas que valorizam e impulsionam hábitos de leitura, de escrita e de criação artística no Concelho, simultaneamente visando a educação para a competitividade saudável entre os participantes. Além de serem conhecidos os/as vencedores/as da vertente Escrita do Concurso crAtiva, vai ter lugar a apresentação do livro Histórias da Ajudaris ’18, com a presença dos/as autores/as e ilustradores/as.

organização/promoção Município de Albergaria-a-Velha (Agenda Municipal de Educação) | Rede de Bibliotecas de Albergaria-a-Velha

Pedro Abrunhosa & Comité Caviar

20 abril 2019 | sábado | 21h30
Cineteatro Alba – Sala Principal
Pedro Abrunhosa & Comité Caviar
18€ – Bilhete normal
15€ – Cartão Amigo, Cartão Sénior Municipal, Cartão Municipal de Voluntário e Jovens SUB 23
75 min. | M/6


“Nos tempos fugazes de atenções efémeras, tento que  as minhas raízes bebam da fundura dos mundos: do interior e daqueles que aos meus  sentidos se vão revelando.”

Durante os últimos dois anos, Pedro Abrunhosa escreveu e compôs mais de trinta canções, das quais apenas  quinze integram o seu oitavo disco de originais, Espiritual. Foram dois anos de intensas, e quase diárias, gravações com os Comité Caviar, das quais resultou um conjunto de canções, que só ganharão  vida plena no palco, quando tocadas diante da cumplicidade do público.

Serviço Babysitting disponível